Login
Notícia
 
Fórum Democrático de Desenvolvimento Regional
Seminário do Fórum Democrático aborda Cultura e Envelhecimento em seminário na Assembleia
Francis Maia - MTE 5130 - 11:27 - 05/08/2022 - Foto: Reprodução Fotografia / ALRS
O Fórum Democrático de Desenvolvimento Regional realizou, na manhã desta sexta-feira (5), a terceira edição de debates sobre temas pertinentes ao Envelhecimento. Desta vez, relacionados à Cultuta. Na oportunidade, diversos gestores culturais de Porto Alegre e de Pelotas apresentaram  projetos direcionados ao público acima dos 60 anos de idade. 

De início, o coordenador do Fórum, Lélio Falcão, destacou os debates anteriores, a respeito de violência contra a pessoa idosa, e saúde, cuidados paliativos e saúde mental. Para o mês de setembro, anunciou que o tema a ser abordado será a educação, focando a oportunidade para que os idosos frequentem as universidades e escolas técnicas. 

Também do Fórum Democrático, Ricardo Haesbaerth, na abertura, destacou a importância da militância das pessoas idosas para que os governos promovam políticas públicas para essa população. Pediu “rebeldia” que repercuta como pressão da sociedade organizada para esse fim. 

Logo em seguida, os palestrantes iniciaram suas manifestações. O secretário municipal de Cultura de Pelotas, Paulo Pedrozo, anunciou que a cidade é reconhecida desde 2019 como Amiga do Idoso, e destacou o planejamento de atividades culturais para a promoção do envelhecimento saudável e ativo. Na Feira do Livro de Pelotas, em outubro, haverá atividades voltadas para esse público, anunciou. Disse, ainda, que as demais secretarias municipais têm atividades voltadas para os idosos. 

A colaboradora do Instituto de Artes Cênicas do RS, Alessandra Carvalho, destacou as oficinas voltadas para a população idosa, denominadas Oficinas 60 Mais, já na sua segunda edição. Ela comentou sobre a importância das políticas públicas para esse grupo humano e como tem origem na cultura popular como atriz e formação na cultura africana, através da capoeira, abordou o respeito à ancestralidade. Neste ano, as Oficinas 60 Mais serão descentralizadas e direcionadas para seis municípios no interior, com workshops e oficinas de teatro e dança, com o objetivo de incentivar esse tipo de ação nas cidades. 

Perfil dos idosos em oficinas culturais 
Também colaborador do IACEN, Mateus Fonseca, que é graduando em Políticas Públicas pela UFRGS, com longa experiência em atividades culturais populares, observou a importância das gestões participarem com políticas públicas para os idosos. Ele mostrou os resultados de pesquisa sobre as Oficinas 60 Mais realizada durante o Fórum Social Mundial 2002 para a Pessoa Idosa. 

Nas atividades realizadas na Casa de Cultura Mário Quintana, os dados apontam que a maioria da participação é de mulheres acima de 60 anos. Da totalidade de participantes, 39% tem graduação, 21% com algum tipo de especialização e margem pequena sem o ensino fundamental completo. Sobre a ocupação, 67% são aposentados. Outro aspecto analisado foi a deficiência física, ítem utilizado nas inscrições para adequar a acessibilidade, e surpreendeu que 95% não declararam esse detalhe. A maioria dos frequentadores das Oficinas 60 Mais são de Porto Alegre, seguidos de municípios da Região Metropolitana. O teatro é a preferência das pessoas idosas nas inscrições, e a dança é o espetáculo mais assistido nas oportunidades públicas porque são mais acessíveis. Uma curiosidade foi que durante os 15 dias de inscrições para as oficinas, 97% da procura foi através do telefone do IACEN, e não via email. Através de parcerias com os Centros de Referência de Assistência Social, FASC e clínicas geriátricas foi possível acessar e informar a população idosa para a participação nas oficinas.  

Da coordenação do Fórum, a artista e produtora cultura Izabel Laryan discorreu sobre a importância de valorizar a cultura gaúcha e local, como forma de incentivar essa população em atividades e defendeu política pública nesse sentido. Depois, em formato de debate, os participantes discorreram suas experiências em escolas de circo, teatro popular e atividades culturais nas cidades. 
Indicar Matéria
Versão de Impressão
BlogThis
Fórum Democrático - Seminário sobre Cultura e Envelhecimento

Assembleia Legislativa
Praça Marechal Deodoro, 101 - térreo
90010-300 PORTO ALEGRE - RS
Contato
Fone (51) 32102926 Fax (51) 32102624
forum.democratico@al.rs.gov.br